23h às 29h: Eu Tu Eles Bar na Alameda Joaquim Eugênio de Lima

Outro dia recebi a ligação da minha querida amiga da época de faculdade, a Sra. Nádia Adil, que me convidou para sair. Eu já imaginava que programa ela queria fazer: ver um filme no Shopping Paulista.

Eu Tu Eles Bar é o novo point na Joaquim Eugênio

Caipirinhas servidas em potes de geleia do Eu Tu Eles Bar. Foto: Divulgação

Eu falei, “Nádia, você só faz isso, menina! Vamos mudar esse disco quebrado?”. Como eu sei que ela não gosta de sair da região onde mora, arrastei-a para a esquina da Paulista com a Alameda Joaquim Eugênio de Lima, onde tem bares e gente jovem.

Nádia aceitou a aventura, mas disse que não ia beber. Eu disse para ela ficar calma e que apenas a sua sóbria companhia me era suficiente para a noite.

Fizemos um tour pelos bares da rua. Fica um colado ao outro. Começamos pelo Eugênio Bar. Eu pedi um chope Brahma “à la carioca” (R$ 10), que mistura cerveja clara com escura. Nádia foi de água.

Depois pulamos para o lado e entramos no Prainha Paulista. Fomos atendidas pelo simpático Nei, que recomendou o chope Amstel de 300 ml (R$ 8,90). “Por que você fica anotando o preço de tudo nesse caderninho?”, perguntou Nádia, uma hora. Eu expliquei que era para informar os leitores da Revista 29HORAS. E também para controlar os gastos da minha aposentadoria. Nádia acreditou mais no segundo motivo.

Pensamos em passar no Pier Paulista, mas já era quase meia-noite e Nádia ainda queria ver um filme. Então fomos direto para o penúltimo bar daquele quarteirão, o Asterix, que serve cervejas artesanais com uma grande variedade de rótulos. A melhor pedida é experimentar o pint da irlandesa Guiness (R$ 33).

E no fim do quarteirão, uma boa novidade: abriu há pouco tempo o Eu Tu Eles Bar, nova unidade do conhecido bar da Vila Olímpia e do Itaim Bibi, com ambiente colorido, irreverente e bem brasileiro. Com música ao vivo, o cardápio é ótimo nos petiscos, como a porção de quadradinhos de tapioca (R$ 33,99). Quanto à bebida, o forte lá são as caipirinhas, feitas com cachaça, saquê ou vodca. A caipirinha de uva com hortelã foi servida em um prosaico pote de geleia, com tampa! Adorei a criatividade deles. Tinham outros sabores que pareciam incríveis também. Mesmo assim, a Nádia ficou no suco de laranja.

Foi realmente divertido conhecer os bares da Joaquim Eugênio de Lima, um ponto que não costuma ser o primeiro que vem à cabeça para muita gente. Beijos!

Eu Tu Eles Bar

Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 612, tel. 2594-1589. Terça, das 19h às 24h30; quarta a sexta, das 17h30 à 1h; sábado, das 13h à 1h; domingo, das 13h às 24h.

1824
VISUALIZAÇÕES