Fundação Hermann Hering busca alavancar a cultura e o empreendedorismo sustentável

Foto: Divulgação

Responsável pela gestão do investimento social-privado da Cia. Hering, a Fundação Hermann Hering realizou somente durante o ano que passou, 124 eventos, entre oficinas e cursos para compartilhar técnicas em moda e design, treinamentos para a transformação de resíduos em novos produtos, atividades educativas para crianças, entre outros.

Engajada em projetos culturais e sustentáveis, reportou um crescimento de 26% no número de visitantes do Museu Hering e de quase 600% em eventos realizados, além de proporcionar, com apoio de leis de incentivo à cultura, o transporte de alunos da rede pública de ensino ao Museu Hering.

Durante o ano, a Fundação ocupou o Espaço Gertrud Hering, em Blumenau, casa histórica e tombada pelo patrimônio estadual. O local tem promovido experiências e vivências diferenciadas. Em 2018, foram recebidas mais de 400 pessoas. O espaço foi sede da Semana de Moda da FURB – Universidade Regional de Blumenau –, e de encontros da plataforma colaborativa Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) e da própria Fundação.

No período, a entidade aderiu ao programa Transporte Programado, com apoio do PRONAC – Programa Nacional de Apoio à Cultura –, por meio do qual oferta transporte gratuito para escolas públicas e grupos especiais até o Museu Hering, com o objetivo de realizarem uma visita educativa ao espaço. No total, foram patrocinados 36 traslados escola-museu-escola, o que corresponde a 31 instituições beneficiadas entre colégios e ONGs e 2.880 estudantes e professores contemplados pelo programa.

Centro de Memórias Ingo Hering. Foto: Divulgação

No Centro de Memórias Ingo Hering, foram catalogados 7.212 documentos, montante que se soma a um total de 35.018 itens registrados no acervo, mantido há muitas décadas e que, desde 2015, ano de abertura do espaço, vem recebendo atenção especial. Em 2018, foram implantados novos arquivos deslizantes, que passam a proteger, guardar e conservar o acervo. Neste período, foram realizadas higienizações de registros de plantas de unidades da Cia. Hering e 50 pesquisas atendendo a diversos públicos.

Projetos transformadores

Em 2018, a Fundação agregou mais dois projetos ao seu compromisso com o empreendedorismo: Mãos Solidárias, em parceria com o Senai-GO e a Prefeitura da cidade de Morrinhos-GO, e Oficinas Criativas de Soluções, em parceria com o Instituto Reciclar, em São Paulo. O primeiro reúne pessoas acima de 60 anos, que produzem biojóias a partir de resíduos têxteis oriundos de indústrias da região. As peças confeccionadas estão expostas no Museu Hering.

Já as Oficinas Criativas de Soluções são constituídas por jovens entre 15 e 17 anos, do bairro de Jaguaré, em São Paulo, que desenvolvem o olhar para o varejo, por meio da ressignificação e do empoderamento criativo e de exercícios para a composição de coleções. O projeto foi desenvolvido com o time do Instituto Reciclar e da Fundação.

Outro destaque é a parceria com o Sebrae Nacional para a realização do Encadeamento Produtivo, o qual possui a estratégia de ampliar a competitividade por meio de relacionamentos cooperativos entre grandes companhias e pequenos negócios em Goiás, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. A Fundação manteve, ainda, a parceria com o Senai–GO para os projetos Arte de Costurar, que realiza capacitações em costura industrial e mecânica de máquinas a jovens de 16 a 18 anos, de São Luís de Montes Belos (GO).

Museu Hering está entre as 10 atividades mais recomendadas para visitar em Blumenau, segundo informações do site de viagens TripAdvisor. Foto: Divulgação

Dentre os projetos de grande relevância para o portfólio de parcerias da Fundação Hermann Hering, por meio do PROAC-SP, está o Trama Afetiva, que agrupa estudantes e profissionais de moda e design, interessados na pauta upcycling e no processo de repensar o consumo. Os “trameiros” contaram com tutoria de Alexandre Herchcovitch, Itiana Pasetti e Marcelo Rosenbaum e direção criativa de Jackson Araujo e Luca Predabon. Como resultado do Trama Afetiva foi criado o projeto Retrama, o qual criou peças produzidas a partir de resíduos têxteis da Cia. Hering e inspiradas na Trama Afetiva.

Impacto social

Ao longo do ano, a Fundação Hermann Hering investiu com seus parceiros 2.743 horas em capacitações e consultorias promovidas nos projetos, oficinas e eventos e mobilizou mais de 120 oficineiros, criativos, educadores e expositores que compartilharam seus conhecimentos durante as ações. O Museu Hering recebeu durante o ano 29.795 visitantes. No total, quase 100 mil pessoas foram impactadas de forma presencial e virtual pelas iniciativas da Fundação.

Mais informações: www.fundacaohermannhering.org.br / @fundacaohering / @museuhering

316
VISUALIZAÇÕES