Agaxtur aposta em retomada do turismo no segundo semestre

A entrevista com Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur, uma das três maiores agências de viagens do Brasil, estava agendada para 25 de março, às 14h30, por telefone. Cerca de uma hora antes do horário marcado, Aldo avisa que teríamos que remarcar para às 17h, pois acompanharia uma vídeo conferência da equipe do Ministério do Turismo.

Aldo liga, então, às cinco da tarde em ponto. E, claro, pergunto sobre a reunião com os membros do Governo. “Desde que a crise chegou, estamos conversando, discutindo. Revendo as regras trabalhistas e falando sobre o congelamento do setor. De que adianta ter hotéis vazios, aviões sem voar e agências sem ter o que vender”?

As companhias aéreas e o turismo enfrentam sua maior crise com a pandemia de coronavírus (Covid-19). A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) estima que o setor sofra uma queda, em 2020, de 60%, com perdas de US$ 250 bilhões. No Brasil, estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços aponta uma perda de R$ 2,2 bilhões apenas na primeira semana de março.

Apostas positivas

Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur, com sua cachorrinha Cookie na quarentena

Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur, com sua cachorrinha, Cookie

Apesar do momento extremamente difícil, a Agaxtur manteve seus 190 funcionários e aposta na recuperação do mercado no segundo semestre deste ano. Aldo explica que já viu “o mundo acabar várias vezes”. “Só que não acabou. A experiência dos 67 anos de nossa companhia serve muito bem para este momento. Temos que ter muita calma e paciência, e usar tudo o que aprendemos em situações de crises anteriores. E acertar as contas”.

A resposta do setor, segundo o CEO, deve vir ainda em 2020. A Agaxtur já está colocando no mercado campanhas de viagens para julho. E mira no turismo interno, uma vez que o dólar permanecerá em alta e o receio de viajar para fora se manterá. Dessa forma, a empresa já começa as negociações de pacotes com descontos de hotéis no Nordeste. “Tenho que ser coerente. Não posso esquecer o meu lado vendedor. Se você sentar comigo agora, tenho certeza de que te vendo uma viagem para o Nordeste a partir de julho ou um cruzeiro de navio pelo Brasil para o Réveillon”.

Com todos os colaboradores trabalhando em home office, a Agaxtur aproveita para acelerar o relacionamento com agentes de viagens e clientes por meio de conteúdos diferenciados e replicados em redes sociais.

Aldo também está seguindo as recomendações. Bem humorado, ele fala sobre trabalhar em casa. “Para ser sincero, aproveito esse home office para curtir um pouco a família e tentar aliviar o stress. Aliás, vamos encerrar a entrevista porque a Cookie, minha cachorrinha, está me chamando para jogar bola”.

 

150
VISUALIZAÇÕES