Bom de Copo: Beber o Bourbon é um gole de história

Drink Old Fashioned, que leva whiskey, bitter, frutas e açúcar

O Bourbon é uma das bebidas mais icônicas e influentes do mundo. Versátil na coquetelaria e rico em histórias, é popular nos quatro cantos do planeta. O que pouca gente sabe, no entanto, é que a sua biografia está diretamente associada ao desenvolvimento dos Estados Unidos.

O surgimento da bebida remete à segunda metade do século XVIII, quando grande parte dos colonos era formada por irlandeses e escoceses que, literalmente, traziam destiladores em suas bagagens como forma de preservar um dos expoentes de sua cultura de origem: a produção do whiskey.

Esses neonativos vindos do leste movimentaram um grande processo migratório, infiltrando-se no país em busca de novas terras e, dessa maneira, fundando cidades. Foi assim que a cidade de Louisville, no Kentucky, surgiu, em 1778, às margens do rio Ohio – uma das principais rotas de acesso ao oeste dos EUA. Parada obrigatória para quem ali navegava, por causa de suas cataratas, a cidade apresentava solo fértil para a cultura do milho. Assim surgiu a primeira versão de uísque americano: o corn whiskey.

Vale destacar que esse destilado não passava por qualquer processo de maturação e que a ideia de envelhecimento em barricas surgiu por acaso, no uso de barris que eram previamente empregados para carregar peixes e carnes. A fim de remover o mau cheiro, a madeira era queimada – e assim os açúcares eram liberados, criando uma espécie de camada caramelizada.

Em 1783, Evan Williams foi o primeiro destilador registrado no Kentucky e já utilizava a técnica de maturação em barricas queimadas. Sua marca não só continua ativa até hoje, como é a segunda maior destilaria de Bourbon nos EUA.

Séculos depois, o Bourbon permanece sendo um dos melhores amigos do bartender, apresentando um vasto universo de coquetéis clássicos e contemporâneos e fazendo com que toda essa história possa ser apreciada em um bom bar próximo a você.

Você sabia?

De acordo com o regulamento norte-americano, para que o destilado seja considerado um Straight Bourbon Whiskey deve:

• Ser feito de uma mistura de grãos que contenha pelo menos 51% de milho;

• Ser destilado a não mais de 80% de álcool por volume;

• Ser armazenado em barris virgens de carvalho americano por, no mínimo, 2 anos (com a parte interna da madeira queimada);

• Ser engarrafado com, no mínimo, 40% de álcool por volume;

• Somente uísques produzidos nos Estados Unidos podem ser comercializados com o nome Bourbon.

274
VISUALIZAÇÕES