Bom de copo: Os vinhos orgânicos chilenos

O Chile é um país que poderia ser todo biodinâmico ou orgânico. Afinal, sua situação geoclimática propicia isso. Um solo rico em cobre, uma geografia protegida por uma cordilheira a leste, um oceano a oeste, um deserto ao norte e uma geleira ao sul: esse cenário privilegiado evita que pragas e doenças, como a Philoxera, que dizimou as vinhas da Europa toda em 1865, penetrem no país.

Aliás, foi o Chile que forneceu mudas de vitis-viníferas depois que se descobriu que as vinhas enxertadas em raízes de vinhas americanas estavam imunes à praga. Dessa forma, 94% das vinhas são plantadas em pé-franco, nome que se dá ao plantio direto da videira, sem enxerto.

Mesmo assim, a maioria das vinícolas do Chile usa o sistema convencional, aquele que utiliza produtos químicos como fertilizantes e defensivos, além de empregar leveduras selecionadas, que não são as originais dos vinhedos.

Como sou um apaixonado pelos produtores “naturebas”, aqueles que são orgânicos, biodinâmicos ou naturais, fui garimpar as vinícolas que têm esse importante conceito no Chile. E elas existem! Por isso montei com o Artur Farias, um brasileiro que faz sucesso no Chile como operador de enoturismo para brasileiros, um roteiro perto de Santiago.

São seis vinícolas “naturebas”: Attilio & Mochi Passionate Winemakers, Odfijell, Antiyal, Catrala, Rukumilla e Tipaume. Há roteiros para três vales: Casablanca, Maipo e Cachapoal. Saúde!

 

Seis vinícolas em três vales

A “Ruta Natureba”, no Chile, envolve visitas às vinícolas, degustação e compra com descontos. Os preços variam de US$ 150 a US$ 220 por pessoa. O projeto foi lançado em abril na Enoteca Saint Vin Saint, que só vende vinhos orgânicos e naturais.

 

 

CASABLANCA

Attilio & Mochi e CATRALA.

A primeira é de um casal de brasileiros que desde 2011 produz excelentes vinhos no Chile. A vinícola Catrala é abraçada pela floresta, o que torna a visita muito especial.

 

MAIPO 

Antiyal, ODFJELL e rukumilla

A história familiar da bodega Antiyal, o centro biodinâmico da vinícola Odfjell, com sua bela vista do vale do Maipo, e a simpatia de Angélica e Andrés, da Rukumilla.

CACHAPOAL

Tipaume

O passeio começa nos vinhedos, onde se conhece mais sobre a agricultura orgânica, passa pela bodega subterrânea e termina na sala de degustação, cercada pela linda natureza local.

 

Mais informações:
Artur Farias arturtremperfarias@gmail.com

567
VISUALIZAÇÕES