Conheça dez estações de esqui nas montanhas da Argentina e do Chile

Piscina aquecida do Hotel Portillo, no Chile

De junho a setembro, algumas localidades do Chile e da Argentina trocam o espanhol pelo português. É que um número enorme de brasileiros aficionados por esportes de inverno aproveitam a neve fofa em estações de esqui para praticar ali esportes como snowboard, slalom e heliski.

Os destinos mais movimentados são Valle Nevado e Portillo, no Chile, e Bariloche e Las Leñas, na Argentina, mas há também outras opções menos badaladas, mais baratas e tão bacanas quanto. Prepare seu coração para fortes emoções, arrume suas malas com roupas quentinhas e dê um lustro no seu cartão de crédito: uma semana nessas estações de inverno não sai por menos de US$ 3 mil por pessoa.

Portillo

É a estação de esportes de inverno mais antiga do continente. Com instrutores poliglotas, recebe visitantes do mundo todo nesta época há mais de 70 anos. Não se surpreenda se, por acaso, de repente você se vir deslizando na neve ao lado de um esquiador profissional treinando para alguma competição internacional. São 35 pistas para todos os níveis de esquiadores e snowboarders. Além da icônica piscina aquecida ao ar livre do Hotel Portillo, o resort tem também várias opções gastronômicas, em especial o concorrido Tío Bob’s, que fica no alto da montanha.

Chillán

Famosa por suas águas termais com propriedades curativas, essa estação chilena tem outro orgulho: é lá que fica a pista de Três Marias, a maior da América do Sul, com 13 quilômetros. A beleza natural da região é impressionante: as 28 pistas serpenteiam por uma área com bosques naturais intocados.

Corralco

Localizada dentro da Reserva Nacional Malalcahuello-Nalcas, no sul do Chile, essa é uma das mais modernas estações de esqui do continente e é lá que se realizam, entre os dias 1º e 8 de setembro, os Campeonatos Brasileiros de Ski Alpino e de Snowboard.

Bariloche

Bariloche ao anoitecer

Agora na alta temporada, a cidade argentina recebe voos diretos de São Paulo operados pela Gol, Latam e Azul. A cidade tem muitas pistas de esqui e snowboard para visitantes de todos os níveis e oferece ainda passeios de snowmobile pelos bosques cobertos de neve, rinques de patinação, pistas para corridas de trenós e até salões com aulas de tango! Bariloche é também um importante polo gastronômico, com muitas casas especializadas em comidas típicas da Argentina, como as empanadas e as suculentas carnes grelhadas.

Las Leñas

Com excelente infraestrutura para a prática do esqui e do snowboard, é um lugar que agrada muito os jovens que adoram uma boa balada. Por lá, as noites nas danceterias, nos bares e no cassino são tão animadas quanto o dia nas pistas. Para quem não consegue viajar sem fazer umas boas comprinhas, o shopping center instalado na Pirâmide é uma boa opção.

Valle Nevado

Estação em Valle Nevado

A apenas 60 quilômetros de Santiago, a estação fica a mais de 3 mil metros de altitude em relação ao nível do mar e tem a maior área esquiável da América do Sul, com dezenas de meios de elevação (linhas de teleféricos) e 40 quilômetros de pistas para todos os níveis – dos mais novatos aos feras. Para os mais radicais, a dica é o heliski, modalidade radical na qual os esquiadores são levados de helicóptero até o alto de montanhas.

Pucón

Nessa estação chilena localizada a 670 quilômetros ao sul de Santiago os esquiadores deslizam nas encostas do vulcão Villarica. Na hora de escolher a hospedagem, verifique a disponibilidade no fantástico Hotel Antumalal que, com sua arquitetura impactante, foi erguido às margens de um lago e em meio a rochas vulcânicas da região.

La angostura

Localizada na província de Neuquén, na Patagônia Argentina, essa vila tem como maior atrativo o Cerro Bayo, considerado um dos centros de esqui com as vistas mais bonitas do planeta! Lá do alto se vê o lago Correntoso, e outra visão espetacular é a da descida de tochas, quando centenas de esquiadores percorrem a pista principal de noite portando archotes em chamas.

Chapelco

Muito procurado por famílias, possui escolinhas de esqui para as crianças e uma gôndola que desliza pela neve com todo mundo a bordo. Além dos esportes de neve, outra atração da região é o tour dos sete lagos argentinos.

Ushuaia

Passeio com huskies, em Ushuaia

Localizada no Fim do Mundo, é a cidade mais meridional do planeta e é o ponto de partida para excursões às geleiras da Terra do Fogo. O Cerro Castor é muito bom para esqui e snowboard, mas, se você busca algo mais inusitado, passeie num trenó puxado por cachorros husky importados da Sibéria.

1455
VISUALIZAÇÕES