3 décadas representadas em 46 receitas

Hora H

Gastronomia

Made in Italy

Capa do livro Silvia e Lamberto, os irmãos Percussi

 

Conhecida por sua clássica cozinha italiana, a Vinheria Percussi lança livro que comemora seus 30 anos de história e reúne 46 receitas

 

São três décadas da mais refinada e saborosa enogastronomia italiana. Na Vinheria Percussi, dos irmãos Silvia e Lamberto Percussi, o “fatto a mano” não é força de expressão. Nessa elegante casa do bairro de Pinheiros, em São Paulo, a produção de massas é toda artesanal e os pratos são orquestrados com grande respeito aos ingredientes. Como lembra a chef Silvia, o frescor, a produção local e o equilíbrio são alguns pilares do seu fogão. Já Lamberto, que praticamente tem vinho nas veias, harmoniza as criações da irmã com exemplares das melhores vinícolas do mundo. Por isso, a Vinheria também virou ponto de encontro de confrarias e de amantes do vinho, entre outros fãs desse restaurante, um dos mais premiados e tradicionais da capital paulista.

 

Essa história familiar agora é contada no livro “Percussi Fatto a Mano”, recém-lançado pela Editora Olhares. A obra de 132 páginas também apresenta ao leitor onze menus temáticos da casa, que somam 46 receitas de Silvia, harmonizadas por Lamberto. “Foi com nossos menus gastronômicos que conseguimos da forma mais fiel e autêntica mostrar com arte, DNA e harmonizações o nosso background, aquilo que aprendemos, bebemos e comemos na mesa de casa com nossos pais e familiares”, diz Silvia.

 

Filhos de Luciano Percussi e Maria Grazia, que fundaram a Vinheria, os irmãos Percussi foram criados ao redor da boa mesa italiana. Ao lado dos pais, ou mesmo na casa dos avós e parentes, na Ligúria, onde passavam as férias desde pequenos, não se cogitava uma refeição rápida e sem vinho. “Eram sempre momentos especiais, com muita conversa e alegria, um hábito que quisemos passar para os nossos clientes”, explica Lamberto.

 

Antipasto, primo piatto, secondo, contorno, dolce, café, digestivi. Esse princípio tipicamente italiano é cultivado pela casa desde a sua abertura, em 1987. É todo um legado que faz da refeição não um ato corriqueiro, mas algo maior e mais prazeroso. O título do livro recém-lançado expressa bem o espírito da casa, fiel representante do estilo slow food na cidade. Um lugar onde se celebra, sem dúvida, a arte da enogastronomia.

659
VISUALIZAÇÕES