Especial Brasil-Japão: Descubra a Liberdade

Estação Liberdade da linha 1, azul, do metrô. Durante os dias úteis, poucas pessoas desembarcam do trem – a maioria de olhos puxados. Durante os finais de semana isso muda e gente de diferentes tribos e etnias descem ali, na Praça da Liberdade, onde todos os domingos acontece a feirinha de utensílios, roupas, bugigangas e comidinhas orientais, que vão desde guioza, yakissoba e espetinhos de camarão até combinados de sushis e banchá. O caminho quase natural para todos os passantes desbravadores é seguir as lanternas vermelhas suzurantô pela Rua Galvão Bueno, por onde há mercados entupidos de clientes que buscam legítimos ingredientes orientais para seus lares.

A presença nipônica no bairro começou por volta de 1912, como uma alternativa de aluguel barato para as famílias imigrantes. Ali surgiram armazéns, cinemas, restaurantes, hospedarias e outros estabelecimentos coordenados por japoneses. Esse cenário se transformou por volta de 1970, com a chegada do metrô e mudanças estruturais nas ruas da Liberdade, ocasionando a saída de parte da colônia japonesa ali instalada para outras regiões da cidade. Com isso, comércios chineses e sul-coreanos passaram a aparecer no bairro. Isso tudo, somado aos improvisos tipicamente brasileiros e ao cenário caótico e cinzento da cidade de São Paulo, resulta na miscelânea cultural que pode ser vista a olhos nus pelas ruas da região – uma mistura maravilhosa, diga-se de passagem.

Abaixo, algumas dicas para sair da Liberdade com uma experiência bacana do universo japonês no Brasil.

 

Para cozinhar em casa: Marukai

Este mercadinho é o mais bem-sucedido da rua Galvão Bueno. Lá você encontra cogumelos frescos variados, frutas, legumes, missôs, arroz japonês, temperos para o preparo de sushis, doces japoneses e outros incontáveis mantimentos. Se estiver perdido em meio a tantos produtos, compre um quilo de arroz Momiji de grão longo, um pacote de furikake Futaba sabor nori (para colocar em cima do arroz, depois de cozido), uma embalagem de Bulldog (molho para milanesa tonkatsu, mas que vai bem com qualquer legume cozido) e, para a sobremesa, leve uma bandeja de mochi com recheio de feijão azuki.

Rua Galvão Bueno, 34, Liberdade, tel. 3341-3350.

 

Made in Japan: Tenman-Ya

Ainda que taiwanesa, a loja é especializada em artigos fabricados no Japão, majoritariamente voltados para a cozinha. Lá você encontrará desde porcelanas e hashis até bentôs fofos para montar marmitas e panelas super tecnológicas.

Rua dos Estudantes, 19, Liberdade, tel. 3209-9960.

 

Os chás da moda: Tea Station

Um lugar literalmente underground, bonitinho e muito frequentado por descendentes de orientais. Prove os famosos bubble teas feitos com chá, yakult e bolhas de xarope de frutas que estouram na boca.

Rua da Glória, 326, Liberdade, tel. 3271-4656.

728
VISUALIZAÇÕES