Hotéis e destinos que usam os recursos naturais de forma sustentável

A sustentabilidade é algo de extrema importância. Pensando nisso, apresentamos alguns hotéis que usam os recursos naturais de forma responsável, com respeito ao meio ambiente e às comunidades locais.

Experiência na Amazônia

Às margens do Rio Negro, em frente ao Parque Nacional de Anavilhanas, o segundo maior arquipélago fluvial do mundo, fica um hotel lindo e concebido de forma sustentável. O Mirante do Gavião Amazon Lodge, projetado pelo Atelier O’Reilly, priorizou a adequação ao seu entorno: as construções têm pisos elevados, de modo a preservar a permeabilidade do solo; o desenho busca a iluminação e a ventilação naturais; placas de energia solar abastecem o sistema. A obra, que utilizou a tecnologia de construção de barcos, empregou sessenta pessoas da comunidade ribeirinha por dois anos. A preocupação com a cultura local envolve a gastronomia: o restaurante do hotel, Camu Camu, destaca os ingredientes amazônicos, em receitas assinadas pela chef Debora Shornik.

No paraíso

Na Serra da Mantiqueira, o Vale do Matutu, a 17 km de Aiuruoca, em Minas Gerais, é um convite à conexão com a natureza. Na língua indígena dos antigos habitantes da região, Matutu significa “Cabeceira Sagrada”, e realmente não há palavra melhor para definir esse vilarejo localizado a 1300 m de altura, repleto de cachoeiras. Área de Proteção Ambiental, o povoado conserva seus recursos naturais intactos devido ao intenso trabalho da Associação de Moradores da região. A maior parte das pousadas serve comida vegetariana e mantém hortas orgânicas e construções com madeira certificada. Duas boas opções de hospedagem são a Mandala das Águas, um lugar lindo, cuidado pelo casal Marcia Arreguy e Rickson Sluss, e a Pousada Patrimônio, que conta com energia solar fotovoltaica.

Árvores e nascentes

Com 400 unidades na América do Sul, a rede francesa AccorHotels conta com uma ampla política interna para promover sustentabilidade. Um de seus principais programas é o Planet 21, que envolve, além de funcionários e parceiros, os hóspedes e as comunidades. Entre as ações da rede há a redução do desperdício alimentar, a nutrição responsável (os restaurantes não servem espécies de peixes ameaçadas de extinção), hortas nos hotéis e a construção de edifícios com baixas emissões de carbono, feitos com materiais recicláveis e madeira certificada.

Em cinco anos, o consumo de água foi reduzido em 9%, o de energia em 5%, e as emissões de carbono em 6%. Quando os hóspedes reutilizam as toalhas, metade dessa economia é doada ao plantio de mudas em regiões degradadas. No Brasil, o projeto é realizado na Serra da Canastra, em Minas Gerais. Já foram plantadas quase 580 mil mudas de mais de cem espécies nativas da região, reflorestando 332 hectares nas bacias dos rios São Francisco, Araguari e Rio Grande e 241 nascentes foram preservadas.

SAIBA MAIS:

patrimoniodomatutu.com.br
mirantedogaviao.com.br
accorhotels.com

522
VISUALIZAÇÕES