Hotéis e companhias de cruzeiros promovem ações de preservação ambiental

A hotelaria passou a absorver cada vez mais a sustentabilidade como um de seus pilares. Hoje, 75% dos hóspedes consideram essas iniciativas um fator potencial para reservar um quarto, segundo a pesquisa Futuro da Hotelaria, feita pela empresa Mapie. A utilização de painéis solares para aquecimento da água, hortas para o consumo nos restaurantes, além da lavagem consciente de toalhas e lençóis, já são práticas conhecidas no turismo. Então, o que diferencia uma ação sustentável de tantas outras é o impacto positivo que ela pode trazer para o meio ambiente e para a comunidade onde atua. Conheça oito inspiradoras iniciativas de hotéis e companhias de cruzeiros:

Santuário na floresta

preservação ambiental

Passeio de canoagem do hotel Cristalino Lodge, na Amazônia. Foto: Cristian Dimitrius/Divulgação

Eleito um dos 25 melhores ecolodges do mundo pela National Geographic Traveler, o hotel Cristalino Lodge conserva diretamente 11.399 hectares de floresta primária, na Amazônia. Suas ações incluem energia solar nos quartos, reciclagem e separação do lixo, tratamento dos efluentes cinzas e negros, arquitetura sustentável, atividades guiadas na natureza com grupos de até 8 pessoas e uma culinária que prioriza produtos orgânicos e da estação. Além disso, mantém a Fundação Cristalino, que faz trabalhos de educação ambiental com crianças de Alta Floresta e Novo Mundo, e estudos em botânica e vida animal com importantes instituições.

Zero esgoto

preservação ambiental

Sofitel Jequitimar Guarujá. Foto: Divulgação

O hotel Sofitel Jequitimar Guarujá, da rede Accor, conta com três Estações de Tratamento de Água (ETAs), uma exclusiva para a água das chuvas, uma para as águas negras (esgoto) e outra para as águas cinzas (proveniente de chuveiros, banheiras, lavatórios etc.), que são reaproveitadas em jardins e torres de refrigeração. Em um ano, o hotel conseguiu evitar o despejo de 40 milhões de litros de esgoto no meio ambiente.

Lagoas limpas

preservação ambiental

Grand Hyatt Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

O Grand Hyatt Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, construiu tubulações para interligar o esgoto gerado no hotel à Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE), atendendo também os condomínios próximos. A obra foi inteiramente custeada pela rede hoteleira e doada para a CEDAE. Com essa ação, o empreendimento contribuiu para a redução de esgoto sem tratamento despejado nas lagoas do bairro e recuperou a área verde da região.

Responsabilidade socioambiental

preservação ambiental

Grande Hotel Senac Campos do Jordão. Foto: Divulgação

O Grande Hotel Senac Campos do Jordão tem ações sustentáveis que envolvem funcionários, alunos do Centro Universitário Senac, e a comunidade local. O Projeto Escola Sustentável ajuda escolas municipais de Campos a implantar sistemas de gestão ambiental. Já o Campos sem Frestas aplica revestimento nas paredes de casas em condições precárias, evitando a entrada de frio. No hotel, as ações incluem a gestão completa de resíduos, compostagem e horta orgânica.

Primeiro hotel lixo zero do Brasil

preservação ambiental

Ilha de Toque Toque Boutique Hotel. Foto: Divulgação

O Ilha de Toque Toque Boutique Hotel (ITTBH), em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, conquistou um certificado do Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), que reconhece e fiscaliza o processo de tratamento do lixo implementado. O ILZB é o único representante no país com as credenciais do Zero Waste International Alliance. No hotel, recipientes para shampoo e condicionadores foram substituídos por suportes com refil, entre outras substituições que visam a retirada do plástico.

Conscientização local

preservação ambiental

Txai Resorts, na Bahia. Foto: Divulgação

Em Itacaré, na Bahia, o Txai Resorts desenvolveu o Instituto Companheiros do Txai, que realiza o trabalho de conscientização com a comunidade local sobre a importância de conservar a biodiversidade. Uma das iniciativas faz programas constantes nas escolas públicas e núcleos educacionais da região ao ministrar aulas sobre as boas práticas socioambientais. O hotel ainda instalou nas cozinhas e áreas de serviços redutores de vazão com o objetivo de evitar desperdício de água.

Mares protegidos

preservação ambiental

Navio da Norwegian. Foto: Divulgação

Para tratar o esgoto a bordo, todos os navios da Norwegian Cruise Line (NCL) são equipados com sistemas de purificação avançada de águas residuais (AWP), seguindo regulamentos internacionais. As águas coletadas em espaços de máquinas e motores não são descartadas sem antes passar por um processo rígido. Os navios são equipados com um dispositivo de parada automática e um medidor de conteúdo de óleo. A água que não puder ser descarregada mesmo após esses processos é entregue a um fornecedor certificado em terra.

Autossuficiência hídrica

preservação ambiental

Cruzeiro do MSC. Foto: Divulgação

Como a água doce é um recurso finito, a MSC Cruzeiros toma medidas para reduzir o desperdício por meio de investimento em tecnologias e campanhas de conscientização. A água consumida nos navios da companhia é produzida a bordo, graças a plantas de produção de água doce presentes em toda a frota, que transformam água do mar para o consumo. Nos maiores navios, a capacidade de transformação é de até 3 milhões de litros por dia.

415
VISUALIZAÇÕES