Violinista holandesa Janine Jansen se apresenta pela primeira vez no Brasil

Foto: Juliana Colinas / Divulgação

A violinista holandesa Janine Jansen se apresenta regularmente ao lado das maiores orquestras e principais regentes do mundo

O mozarteum brasileiro traz a São Paulo a violinista holandesa Janine Jansen, que faz sua estreia ao lado da Orchestre Philharmonique du Luxembourg (OPL), com regência do maestro espanhol Gustavo Gimeno, nos dias 20 e 21 de setembro, na Sala São Paulo.

Janine teve o primeiro contato com o violino aos seis anos, incentivada por seus pais, ambos músicos. Aos dez anos, ganhou o primeiro concurso e, aos 19, estreou para o público em um concerto da Royal Concertgebouw, uma das mais aclamadas orquestras do mundo. Aos 23, iniciou performances como solista. Já chegou a fazer mais de 150 concertos por ano.

Em uma família de músicos, com mãe cantora lírica, pai cravista e organista, e dois irmãos, um violoncelista e outro cravista, os recitais familiares eram constantes na vida de Janine, que cultivou sua identificação pela música de câmara. Com apenas 25 anos, ela criou o Festival Internacional de Música de Câmara de Utrecht, para valorizar e difundir a música clássica na Holanda.

Nas apresentações na Sala São Paulo, a artista promete um espetáculo repleto de sensibilidade, entusiasmo e técnica, com um programa que inclui Schubert (abertura de “A Harpa Mágica”), Tchaikovsky, Dvorák, Beethoven, Brahms e Mendelssohn.

346
VISUALIZAÇÕES