Jeniffer Nascimento brilha na novela “Verão 90” e se prepara para três grandes musicais

Jeniffer com a grande vencedora do prêmio “Popstar”, no final de 2018

Mesmo sem ter nada a ver com a canção de Gabriel Diniz que se tornou o grande sucesso deste verão – “O Nome Dela é Jennifer” – a atriz e cantora Jeniffer Nascimento aguentou todo tipo de brincadeira com o refrão da canção nessas últimas semanas.

Mas ela nunca se estressou e sempre levou na boa essa incessante zoação: “Digo que eu sou um hit em pessoa! Só lamento ter me esforçado tanto para construir uma carreira com cantora e atriz e acabar conhecida como musa do Tinder, como a moça da música”, ri.

Após conquistar, em novembro, o grande prêmio de R$ 250 mil no reality show “Popstar”, da Rede Globo, ela acaba de voltar à TV para interpretar a produtora de cinema Kika na novela da faixa das 19h, “Verão 90”. Mas este papel de destaque é apenas um dos momentos de glória que 2019 reserva para esta jovem de 25 anos, que até outro dia morava no bairro paulistano da Mooca.

Ainda no primeiro semestre, ela vai se casar com o ator Jean Amorim, que conheceu em 2015 durante os testes que ambos fizeram para a novela teen “Malhação”, e na sequência deve também gravar seu primeiro CD com clássicos do soul, do pop e da black music. Durante o Carnaval, vai soltar a voz em dois dos blocos mais badalados do circuito Rio-SP: o Bangalafumenga e o Gambiarra, comandado por Tiago Abravanel.

Por fim, depois de atuar em musicais como “Hair”, “Peter Pan”, “Castelo Rá-Tim-Bum”, “Hairspray” e “Mamma Mia”, ela deve também voltar aos palcos para cantar em superproduções como “A Cor Púrpura” (dirigido por Tadeu Aguiar) e “Dreamgirls” (produzido por Claudia Raia). “Sem dúvida, 2019 será um ano de grandes realizações pra mim”, festeja.

Mas a performance que certamente vai marcar a consagração definitiva de Jeniffer como uma grande artista tem estreia prevista apenas para 2020: um musical sobre a vida da cantora norte-americana Donna Summer.

E Jeniffer terá a missão de protagonizar a montagem. “Nos próximos meses, vou a Nova York assistir a versão em cartaz na Broadway e contatar os produtores do espetáculo. Não vejo a hora de interpretar a Rainha da Discotheque”, conta a atriz. Nós também estamos ansiosos para vê-la dando mais este show no palco!

841
VISUALIZAÇÕES