Semana Nacional de Museus traz vasta programação online

A Casa Mário de Andrade, Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida – que formam a Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – promovem diversas atividades online e gratuitas para a 18ª Semana Nacional de Museus, entre hoje e 24 de maio. 

Promovida pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM) e pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), a Semana busca fortalecer a troca de vivências entre os museus brasileiros. Em 2020, o tema é “Museus para a Igualdade: diversidade e inclusão”. 

O Núcleo educativo da Rede de Museus-Casas Literários organiza uma série de visitas virtuais, com início em 20 de maio, a partir das 16h30, pela Casa das Rosas. Alexandra Rocha, supervisora do núcleo educativo da Rede, bacharel em Artes Plásticas pela ECA-USP, arte-educadora e coordenadora artístico-pedagógica há mais de 20 anos em espaços culturais, mediará a live “Arquiteturas da memória” pelo Facebook do museu. Patrimônio como símbolo da memória individual e coletiva, além da relação entre arquitetura e memória serão algumas das abordagens.

A mostra “Casa das Rosas: Arquiteturas da memória”, que esteve em cartaz no museu de setembro de 2018 a março de 2019, também será a base da visita on-line e, consequentemente, uma segunda chance para o público conferir a exposição.

 

Casa das Rosas, em São Paulo

Casa das Rosas, em São Paulo

No dia 21 de maio, das 16h30 às 17h, é a vez do núcleo educativo da Casa Mário de Andrade apresentar a visita online “Educação formal e educação não-formal”também veiculada pela fanpage do museu. A fim de traçar paralelos e conexões, o debate se voltará para os desafios de alinhar o encontro entre essas duas vertentes de ensino. A mediação será feita por Arthur Major, educador do museu, formado em História pela FFLCH-USP, também professor de cursinhos populares desde 2012 e com experiência educativa em exposições temporárias.

Casa Mário de Andrade, em São Paulo

Casa Mário de Andrade, em São Paulo

Já em 22 de maio, a partir das 16h30, a Casa Guilherme de Almeida realiza a visita virtual “Guilherme de Almeida e os modernismos” via fanpage. Maryangela Barbieri e Rafael Veloso, educadores do museu, formados em História pela UNESP e em Letras pela FFLCH-USP, respectivamente, vão mediar essa atividade para mostrar a atuação do escritor e crítico Guilherme de Almeida na Semana de Arte Moderna em 1922, quando declamou alguns poemas próprios.

A partir da leitura desses poemas e do contato virtual com o acervo do museu, serão destacados aspectos modernistas da multifacetada coleção reunida pelo poeta. Além das visitas virtuais, palestra e recital completam a programação voltada à 18ª Semana Nacional de Museus.

 

Casa Guilherme de Almeida, em São Paulo

Casa Guilherme de Almeida, em São Paulo

Para conferir a programação completa da Semana Nacional dos Museus em todo país, acesse o  guia do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

408
VISUALIZAÇÕES