Private Jet da Latitudes promove experiência única ao redor da África

Elefantes em Botsuana, país vizinho do Zimbábue e África do Sul

A bordo do Airbus A319 Business Jet, 32 privilegiados viajantes irão participar de uma experiência única. Trata-se do Around Africa, novo roteiro do Private Jet da Latitudes, que irá acontecer entre 19 de outubro e 9 de novembro deste ano.

O programa envolve oito países do continente africano em uma jornada recheada de história, emoção, surpresas e, claro, muito conforto e prazer – hotéis de luxo intimista foram cuidadosamente selecionados para hospedar os participantes, que contarão com chef de cozinha a bordo e mimos durante os 22 dias de viagem.

Alexandre Cymbalista, diretor da Latitudes, empresa fundada em 2003 e pioneira em introduzir o conceito de viagens de conhecimento no Brasil, lembra que este não é apenas um roteiro dos sonhos. “É uma viagem para quem quer compreender o passado e o futuro da humanidade. A África é um continente complexo e diverso, onde comunidades convivem em harmonia com os recursos naturais e preservam tradições valiosas para eles e para todo o mundo. Mas a África é também o lugar onde se vislumbra o futuro, pois há países em franco crescimento, fomentando investimentos em infraestrutura, educação, saúde, pesquisa e tecnologia”, afirma.

A viagem parte de Johannesburgo, na África do Sul, seguindo para a Namíbia, Zâmbia, Botsuana, Ruanda, Etiópia, Quênia e Seychelles. Entre voos de balão, passeios de barco, observação de animais, os participantes visitarão cinco Patrimônios da Humanidade da Unesco: o mar de areia da Namíbia, as cataratas de Victoria, em Zâmbia, o delta do Okavango, em Botsuana, as catedrais rochosas de Lalibela, na Etiópia, e a natureza única e impressionante do Vallée de Mai, nas Ilhas Seychelles.

O continente é um dos mais relevantes berços históricos e culturais do planeta, com verdadeiros tesouros da natureza e da história da humanidade. Por isso, a presença preciosa de especialistas, que acompanharão a expedição, enriquecendo os horizontes dos participantes.

Deserto da Namíbia

O biólogo e professor da USP Daniel Larh; o fotógrafo, geólogo e escritor Adriano Gambarini, autor de vários livros de fotografia; e o jornalista Lourival Sant’Anna, conhecido por coberturas internacionais em vários pontos do planeta, são os convidados nesta viagem. “Meu objetivo vai ser trazer aos passageiros alguns dos conceitos fundamentais para entender a origem, a evolução e a diversificação da vida no planeta, um processo que está acontecendo há cerca de 3,5 bilhões de anos”, afirma o biólogo Daniel Lahr.

Já Adriano Gambarini pretende dar um panorama sobre a história do planeta do ponto de vista geológico, explicando os diferentes processos de formação que a Terra passa. O grupo visitará regiões de deserto, montanhas, regiões vulcânicas, deltas de rio e cânions, palcos perfeitos para contextualizar os viajantes nestes processos.

População Massai, no Quênia

Nesse roteiro, a equipe de apoio cuida de tudo, desde o transporte da bagagem até os vistos. Não é preciso aguardar conexões demoradas ou longas filas no processo de imigração e check-in.

O objetivo é proporcionar ao grupo o foco somente nas vivências da viagem, que custa a bagatela de US$ 101.600 por pessoa, com todas as despesas, incluindo hotéis, refeições, transfers e tours, inclusive o aéreo. Cada passageiro recebe como presente um tablet, já preparado com o conteúdo relativo ao roteiro, além de um fone antirruído para uso durante os voos. Mais informações no tel. (11) 3045-7740.

368
VISUALIZAÇÕES