Revista 29HORAS comemora dez anos no ambiente aeroportuário e se renova no universo digital

Há uma década, nascia essa revista que você tem em mãos, concebida como um presente especial para o passageiro do Aeroporto de Congonhas. A ideia era trazer um conteúdo útil, atrativo e dinâmico para o leitor que circula na ponte aérea SP-Rio, hoje a quinta rota executiva mais movimentada do mundo.

Com perfis de personalidades, a programação cultural e gastronômica de São Paulo e do Rio, e matérias instigantes, mostrando as novidades e as tendências dos negócios, do turismo e da tecnologia, a revista se tornou um case do mercado. Especialmente por ser produzida com carinho por um time talentoso e afinado, junto a colunistas e colaboradores reconhecidos na mídia.

Fernanda Young foi capa da Revista 29HORAS

Primeira edição da revista contou com Fernanda Young na capa

Única publicação na ponte aérea, com 115 mil exemplares mensais gratuitos distribuídos em totens digitais, a 29HORAS se reinventou nesses dez anos de várias formas. Desde abril de 2018, ganhou novos ares, com um projeto gráfico mais limpo e intuitivo. Há exato um ano, passou a ser distribuída também no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com um conteúdo exclusivo. Conectada com as tendências atuais, ela estendeu sua atuação para o ambiente digital, com um novo site, vídeos e cada vez mais impacto nas redes sociais.

O resultado é que a 29HORAS, que já foi premiada duas vezes – foi eleita, em 2012, a Revista Segmentada do Ano pelo Prêmio Veículos de Comunicação, e em 2014 ganhou o bronze no Prêmio Anatec pelo projeto gráfico –, se transformou em uma publicação muito querida.

Anita estreou o novo projeto gráfico da revista

“Com um conteúdo gratuito de qualidade que une entretenimento, informação e prestação de serviços, a 29HORAS é o único projeto editorial concebido por uma empresa de OOH, e isso é muito inovador”, afirma Pedro Barbastefano, sócio-diretor da 29HORAS Mídia Aeroportuária e publisher da revista. Os exemplares praticamente evaporam dos totens todos os meses, tamanha é a adesão dos leitores ao nosso conteúdo, nesse vibrante cenário aeroportuário onde circulam 30 milhões de passageiros por ano.

Capas marcantes

Dez anos de muitas histórias, ideias, tendências, novidades, lançamentos e serviços. E também de emoções, algumas delas bastante tristes. Nossa capa número 1, publicada em novembro de 2009, foi a atriz, apresentadora e escritora Fernanda Young, morta precocemente em 25 de agosto, aos 49 anos. Em uma entrevista franca e generosa, como ela sempre fora, Fernanda falou sobre a maternidade, sua vivência em São Paulo e seu compromisso com a verdade.

Fernanda Montenegro foi capa na edição de outubro de 2013

Outros grandes perfis vieram, como o compositor e poeta Arnaldo Antunes – “O tempo passa para a gente ser cada vez melhor”, disse ele, refletindo sobre o envelhecimento –; o publicitário Washington Olivetto; a atriz Fernanda Montenegro; a artista plástica Tomie Ohtake; a atriz Marieta Severo; o cantor Ney Matogrosso; o ator Lázaro Ramos; a cantora Gal Costa; entre tantas outras figuras inspiradoras.

Antecipando tendências

Atenta às pessoas que se destacam por sua criatividade, inovação e competência, a 29HORAS saiu na frente muitas vezes, mostrando figuras que depois viraram sucesso na mídia. O chef Erick Jacquin, por exemplo, foi capa em junho de 2010, bem antes de se transformar no queridinho da internet brasileira. Na mesma área, Jefferson Rueda, que figura desde julho na lista “World’s 50 Best”, que seleciona os 50 melhores restaurantes do mundo, e é o único representante do país, contou sobre suas raízes caipiras na matéria de capa de julho de 2012.

O jornalista André Trigueiro foi a primeira capa da edição do Rio de Janeiro

Nomes da nova geração de artistas também foram – e são – marcantes em várias edições: Tatá Werneck soltou o verbo e arrancou gargalhadas da repórter na entrevista que deu em março de 2014, assim como Fábio Porchat, entrevistado em setembro de 2013, e Gregório Duvivier, em março de 2016.

Mais de cem personalidades estrelaram nas nossas capas e continuam nos prestigiando como leitores assíduos. “Eu sempre sonhei sair na capa da 29HORAS”, nos confidenciou o ator Tiago Abravanel, em maio de 2018, durante a entrevista. O DJ Alok, capa do Rio em setembro deste ano, também se declarou fã assumido da revista. Para nós esses depoimentos são energizantes, como também é fundamental a sua opinião, caro leitor, para que a gente prossiga ainda com mais qualidade, inovação e garra, e por muito mais tempo.

217
VISUALIZAÇÕES