São Paulo recebe a 30ª edição do Salão do Automóvel

McLaren Senna: modelo custará 750 mil libras e terá 500 unidades produzidas

Vai começar mais uma “São Paulo Car Week”. Enquanto os fãs da Fórmula 1 disputam os melhores lugares nas arquibancadas e no paddock do Autódromo de Interlagos (leia mais à página 58), o São Paulo Expo sedia a edição 2018 do maior evento da indústria automobilística da América Latina, o Salão do Automóvel. Entre os dias 8 e 18 de novembro, três dezenas de montadoras estarão apresentando suas novidades e esta 30ª edição do salão terá ainda uma área maior para test drives e um espaço inteiramente dedicado a debates e palestras sobre carros autônomos, motores elétricos e outros temas ligados à grande transformação pela qual o setor da mobilidade urbana está passando.

No total, serão 1.200 horas de atividades interativas e cerca de 500 automóveisem exposição, de marcas poderosas como Audi, Caoa Chery, Chevrolet, Fiat, Ford, Honda, Hyundai, Jeep, Kia, Lexus, Mercedes-Benz, Mini, Mitsubishi, Nissan, Subaru, Suzuki, Toyota e Volkswagen, entre outras. “O Salão do Automóvel é uma oportunidade única de aproximação das marcas com seu público-alvo, apresentando as principais novidades e tendências. Mais de 700 mil pessoas deverão ser impactadas diretamente nos dias do motor show paulistano. É um prazer para o Salão receber as principais montadoras do mundo e poder levar ao público as mais variadas experiências”, explica Leandro Lara, diretor do evento.

Lamborghini Urus chega ao Brasil este semestre por R$ 2,2 milhões

Sobre a área de test drives ampliada, a organização do evento avisa que colocará à disposição do público mais de 23 mil m² destinados a essas “degustações” – um espaço 130% maior do que o disponibilizado em 2016. A expectativa é que mais de 40 mil test drives sejam realizados durante os onze dias de evento. Outra novidade será o Drive Experience, projeto de test drive com uma pista de quase dois quilômetros de circuito, possibilitando aos visitantes sentir o prazer e a emoção de acelerar em uma reta, testando freios, a agilidade, a dirigibilidade, a estabilidade, a potência, a ergonomia e o conforto dos modelos.

O projeto New Mobility, inédito, é um espaço dedicado às discussões e à apresentação de novas tecnologias e soluções no setor de mobilidade.

Terá sua própria área de test drives, exclusiva para veículos elétricos e híbridos, onde estarão disponíveis modelos de mais de dez marcas diferentes. Entre eles, o BMW i3, o primeiro automóvel 100% elétrico vendido no Brasil, lançado por aqui em 2014, com baterias de até 360 km de autonomia e um pequeno motor a combustão de dois cilindros que serve como gerador, capaz de prolongar a autonomia em mais 130 km).

Também o Renault Zoe, versão elétrica do Clio lançada na Europa em 2012, projetada para ser um modelo de baixo custo, capaz de rodar 400 km com apenas uma carga, e o Toyota Prius, o híbrido mais vendido do mundo, com quase seis milhões de unidades rodando pelo planeta – no Brasil ele custa R$ 130 mil.

A programação de debates sobre mobilidade terá 32 sessões de conteúdo e contará com a presença de grandes especialistas do setor, como Rafael Tartaroti (do MobiLab, Laboratório de Inovação em Mobilidade da Prefeitura de São Paulo), Diego Lira (fundador da plataforma de compartilhamento de carros Turbi), André Trigueiro (jornalista do canal Globo News e do jornal “Folha de S. Paulo” especializado em Sustentabilidade), Denis Lopardo (sócio do aplicativo de aluguel de patinetes elétricos Scoo), Fernando Saddi (CEO da empresa de delivery de serviços e reparos para automóveis) e Edgar Escobar, presidente da Abravei (Associação Brasileira dos Proprietários de Veículos Elétricos Inovadores).

A edição 2018 do evento apresentará também várias daquelas supermáquinas que são o sonho de consumo de todo aficionado por carros e que, tradicionalmente, são os carrões que atraem mais visitantes e que geram mais cliques e comentários nas redes sociais. Entre elas, a incrível Ferrari 488 Pista, a possante Lamborghini Urus e o insano Porsche 911 GT2 RS. Na área de customização e relíquias, alguns dos destaques serão um Porsche Spyder Chamonix, uma picape Chevrolet 1961 totalmente restaurada, um Caprice 1968 e o Maverick 16 preparado pela oficina Batistinha Garage, o carro de corrida mais antigo ainda em atividade no Brasil.

Os ingressos para o Salão do Automóvel custam de R$ 30 (entrada simples, para um só dia) a R$ 3.500, na Premium Experience. Este ticket ultra especial dá direito à entrada de duas pessoas, estadia de uma noite no hotel Tivoli Mofarrej, traslado para o Salão em um BMW Série 7 com motorista e acesso ao Lounge VIP e ao Espaço dos Sonhos, com dez carrões selecionados por montadoras premium e buffet do restaurante Pobre Juan.

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 (São Paulo Expo Exhibition & Convention Center), Água Funda. De 8 a 18 de novembro. www.salaodoautomovel.com.br

134
VISUALIZAÇÕES