Zel Café une livros, café e comidas

Lauro Megale, criador do Zel Café e a Livraria do Comendador. Foto: Cris Vieira

O casarão tombado da Fundação Instituto de Física Teórica, na região da Avenida Paulista, acolhe há quatro meses o Zel Café e a Livraria do Comendador, empreendimentos criados por Lauro Megale, proprietário da fazenda mineira que produz o café Zel e tem o Haras Zel, premiado pelo plantel de Mangalarga Marchador no país. Além do charmoso restaurante, com o chef neozelandês Shaun Dowling (na foto abaixo) à frente da cozinha, o casarão conta com a Livraria do Comendador, que privilegia livros com temática ligada à casa: o café, a gastronomia, as viagens, os cavalos, a ciência e a física.

O lugar é perfeito para quem busca uma pausa para o café ou uma refeição contemplativa – o espaço é lindo, cercado de verde. Há opções deliciosas do desjejum (com bagel, ovos, panquecas, waffles etc.) ao almoço ou o café da tarde, com variedades de saladas, grãos, peixes e outras opções de proteínas, além de doces imperdíveis.

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, estreia na livraria a mostra do artista Rogerio Bessa Gonçalves, que criou obras com figuras femininas, nas quais usou o café como pigmento. A exposição fica até o dia 8 de abril.

Zel Café e a Livraria do Comendador

Rua Pamplona, 145, Jardim Paulista, tel. 3283-3500. De segunda a sábado, das 7h30 às 22h30.

384
VISUALIZAÇÕES